Abrindo uma empresa? Como se preparar para o seu negócio!

A crise gera a oportunidade!

Em números gerais, o Brasil abriu mais de 3 milhões de empresas e fechou mais de 1 milhão em 2020.

O empreendedorismo é muito importante para manter a saúde da economia.

No entanto, 70% das empresas abertas no Brasil morrem nos primeiros 10 anos.

Essa taxa é ainda maior nos primeiros 5 anos de empresa.

 

Vamos descobrir como manter a sua empresa viva, além dos 5 anos!

Antes de tudo, vale ressaltar que não pretendemos compartilhar nenhuma fórmula mágica, até porque, não existe.

O que pretendemos fazer aqui é chamar sua atenção para alguns pontos chaves que contribuem para a sobrevivência de um negócio.

Existem 2 principais motivos que levam as pessoas a abrir uma empresa.

Através de uma oportunidade de mercado, ou pelo conhecimento/ diferencial que detém e que possa oferecer ao mercado se destacando no seu segmento.

Um empreendedor que aproveita uma oportunidade de mercado, nem sempre vai dominar o conhecimento sobre o produto ou serviço.

Nessa situação, é fundamental se aliar a parceiros de extrema confiança que garantirão a funcionalidade técnica e prática do negócio.

Já na outra situação, o domínio do conhecimento é do próprio empreendedor.

Nesse caso, o desafio está em montar uma estrutura eficiente que consiga entregar seu produto ou serviço de forma ideal.

Em resumo, ou você precisa ter domínio sobre o produto ou serviço que vai vender, ou precisa de uma rede de parceiros de sua extrema confiança para vender o produto ou serviço.

Por que uma empresa morre?

De acordo com o Sebrae em seu estudo de Causa Morti das empresas, os motivos que levam uma empresa a morrer são:

– Falta de planejamento prévio;
– Má gestão;
– E comportamento do empreendedor

Percebe que são motivos que podem ser evitados?

Ainda que um negócio comece pequeno, é preciso desenha-lo voltado para onde quer chegar. Aqui está a importância do planejamento.

O Plano de Negócios de uma empresa é o planejamento inicial. É nele que se abordam características do seu produto ou serviço, quem é seu publico, qual é seu investimento necessário, qual o custo do seu produto, qual é o seu diferencial competitivo, etc.

É preciso saber gerir um negócio. A Gestão Empresarial engloba, gestão financeira, gestão de estoque, gestão de vendas… é o processo mais complexo para o empresário

Então é importante estar atento ao seu modelo de gestão e como seus processos estão funcionando.

Existem inúmeras ferramentas de gestão para todos os tipos de negócios que serão de grande valia para a gestão do seu negócio.

O comportamento do dono do negócio pode ajudar ou prejudicar a empresa.

A primeira lição é separar o joio do trigo, o que é da empresa e o que é pessoal.

As despesas precisam estar separada. Primeiro pagam-se as contas da empresa, para depois retirar os lucros!

Já ouviu falar que o olho do dono é que se engorda o boi, pois então, não é a toa que empresas que, numa fase inicial, não recebem a devida atenção do seu dono, estão mais propensas a fechar.

Se você é o dono do negócio precisar estar por dentro de tudo o que acontece, de como os processos funcionam e de como as pessoas contribuem para o seu negócio!

 

Conclusão

O conhecimento que detemos é a nossa maior riqueza.

As empresas fecham não por falta de recursos, mas por falta de preparo dos seus gestores e fundadores.

Para empreender também é preciso se preparar e estar pronto para entrar nesse jogo para ganhar!

Blog Pro Contabilidade e Consultoria
© Copyright 2020 Blog Pro Contabilidade e Consultoria. Desenvolvido por H6 Marketing.